Home | Análise  |  Monitoramento de redes PROFIBUS e PROFINET
Monitoramento de redes PROFIBUS e PROFINET
Monitoramento de redes PROFIBUS e PROFINET

Manutenção eficiente com sistemas de monitoramento de redes PROFIBUS e PROFINET.

Um cenário comum na indústria é o gerenciamento de informações, em sua maioria relacionada ao processo, por um operador em um sistema supervisório ou uma IHM. Uma vez que há algum problema relacionado a rede de comunicação ou ao próprio dispositivo, o usuário encontra-se desprovido de meios para encontrar sua origem ou sua causa. Além disso, esses sistemas fornecem uma quantidade grande de alarmes associados à lógica. O gerenciamento deles torna-se uma tarefa árdua e consequentemente há mal-uso de recursos humanos, materiais e financeiros.

Seria muito útil se houvesse um gerenciamento dos alarmes fornecidos pelos protocolos de comunicação e a sua integração com sistemas de gerenciamento. Com ações rápidas e precisas usuários poderiam corrigir problemas e evitar paradas indesejadas. Neste cenário, a manutenção faz-se peça fundamental para a otimização de recursos.

A comunicação entre o chão de fábrica e níveis superiores é um dos desafios da conectividade proporcionada pela Industria 4.0. Padrões de comunicação modernos tem sido desenvolvidos para garantir a eficiência e segurança necessárias para às exigentes demandas do meio industrial. Dentre eles, pode-se citar o OPC – UA.

Neste cenário, a Toledo e Souza desenvolveu sistemas de monitoramento de redes e ativos PROFIBUS e PROFINET, que atende aos requisitos de conectividade mais modernos via OPC UA, para fornecer uma forma simples e eficiente de gerenciamento dos índices de qualidade e de diagnósticos relacionados a esses protocolos.

Com o sistema, o usuário pode antecipar ações que aumentarão a disponibilidade da rede e, em caso de paradas indesejadas, a falha e principalmente sua causa, são imediatamente entendidas.